quinta-feira, 20 de setembro de 2018

"Bota" Ódio Nisso

Ir a Vila Nova de Gaia de propósito para comprar umas botas numa loja cujo inventário me tinha sido mostrado por um colega de trabalho, no qual vi uns quantos pares que me fariam ponderar num casamento humano-bota, para chegar lá (depois de umas vinte voltas) e saber que já tinha fechado e as vendas de momento eram apenas online. Ao que andei acho que a única coisa que emagreceu foi mesmo a minha paciência.


Dua Lipa - IDGAF [Live Video]

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

"Ódios Virtuais"

" - Fulano x tem inveja de ti...
- Mas ele não me conhece de lado nenhum....
- Tem inveja de ti, do que tu tens ...
- Se fulano soubesse quem está a invejar se calhar pensava duas vezes..."

Assim como há quem não nos caia no goto "in loco" só pela forma do seu nariz,  pela forma como fala,engraçado como também a palavra escrita serve para fomentar ódios, invejas, agrados e desagrados, muitos destes inconscientemente. Cria-se uma espécie de "envenenamento voluntário" em que as pessoas sabem que ler determinadas pessoas as "envenena" mas mesmo assim lá estão assiduamente no "sítio do costume" (e não estou a falar no Pingo Doce) só para poderem confirmar que efectivamente fazem bem em não ir com a cara de fulano ou cicrano. Lembra-me as palavras do "amigo" Francisco que afirma não cair nas graças de muito boa gente, mas que é essa gente que constitui o cerne dos visitantes do seu cantinho.

Inveja-se a vida sexual de alguém que andou a seco quase vinte anos e que perdeu a virgindade com um homem que conheceu online.
Invejam-se os relatos de encontros sexuais de alguém que acabou por ir bater uma punheta para casa por que o que viveu não deu para o gasto.
Invejam-se as compras de alguém que andou a pedir dinheiro aos pais até aos vinte e dois anos. Que só depois de começar a trabalhar soube como funcionava um cartão multibanco.

Parafraseando o outro senhor, "nao havia necessidade"....

Diz a Senhora minha mãe que assim como ela, eu não consigo disfarçar quando não gosto de ninguém. Poxa é mesmo. E também não consigo fazer para agradar a ninguém. Só a ela. Senão ela bate-me.

Carrie Underwood - Love Wins [Video]

terça-feira, 18 de setembro de 2018

A Caminhada Da Vergonha

Todos vocês devem conhecer pelo menos um casal em que um dos intervenientes diz coisas parvas sobre o parceiro como:

" - Ele fica tão fofo quando (inserir actividade aleatória completamente banal)."

Aí nós rimos a bom rir e não julgámos (pelo menos em voz alta) por que as pessoas repararem e fazerem alarido relativamente a actividades corriqueiras é desnecessário.

Desnecessária também foi a vergonha que passei na pizzaria quando fui pagar a conta do almoço de hoje. Se calhar não passei vergonha nenhuma por que ninguém estava a olhar para mim, mas como aqueles dois minutos pareceram quase duas horas há sempre uma remota possibilidade!

Voltando ao assunto inicial, sobre actividades aleatórias que despertam o interesse, eu acho que já disse aqui (se não disse digo agora) que acho a maior das graças quando o vejo comer.
Atenção, não sou desses malucos que só mantêm as mulheres para a engorda e as entopem com comida até parecerem um bolo espalmado. Só acho mesmo piada ao ar despreocupado do homem a comer. Ele presta tanta atenção à comida (embora também me coma bem a mim) que muito provavelmente se esquece que eu estou ali e pronto, eu acho piada. A vida tem sido tão madrasta para os dois, sempre a encher-nos as cabeças com porcarias que não conseguimos resolver, que pelo menos na hora de comer a dele consegue abstrair-se de tudo aquilo e concentrar-se apenas na comida.

Pelos vistos também eu o consigo fazer. À falta de pizza no prato (visto ter acabado as minhas fatias primeiro) concentrei-me no "outro prato" e ao ser informado de que para pagar com cartão me teria de deslocar da mesa atá ao balcão (uma distância ínfima, nem cinco metros deviam ser) eu, criança burra que Deus me livre, levantei-me.

É, é isso aí. Botem uns calções de praia e um pau de vassoura na horizontal e já estão a ver o filme.
Eu é que de tantos filmes que fiz na cabeça quando me levantei já só pensava nas pipocas. E em ir-me embora dali.
Espero que ninguém tenha visto.

Nicki Minaj - Barbie Dreams [Video]