sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Tarja - O Tannenbaum [Video]

My Indigo - My Indigo [Video]


Projecto "pop" da vocalista de Within Temptation. Não que seja mau, mas não havia necessidade.

Dica De Moda Dispensável

Ao ver o estado da minha "pseudo barba" que deixei crescer por pura preguiça, diz-me o J:

" - Sabes o que ficava bem? Rapares tudo e deixares só o bigode..."

" - Para quê? Para ficar com aquele ar de padeiro Português murcão que aparece nas novelas brasileiras?"


Luis Fonsi - Échame La Culpa [Video]


Versão latina do popular "o problema não és tu, sou eu.".

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

A Pergunta Que Ficou Sem Resposta

Há dias na presença de um guia tive de assinar um papel. Algumas pessoas estranham e fazem comentários benévolos quando me vêem a escrever com a mão esquerda. Este, de sua feita mandou para a pergunta para o ar:

" - A sua mãe não lhe bateu nas mãos quando era pequenino para aprender a escrever direito?"

A minha vontade foi perguntar:

" -E a sua não lhe batia com a cabeça na parede para aprender a pensar como deve ser?"



Mas só eu sei (a par de toda a gente na minha vida) de como eu preciso deste trabalho.

O Desodorizante Do Demónio

Regra geral cheiro sempre os desodorizantes antes de os trazer para casa. Calhou desta vez não ter o que costumo a trazer e vim embora com outro da mesma marca mas de cor diferente. Andei um ou dois dias a estranhar o leve aroma a suor que emanava da minha roupa. Sendo eu uma pessoa que nem no Verão sua muito, por que o haveria de fazer no Inverno? Por curiosidade fui verificar a que cheirava o desodorizante. É suor em roll-on. Literalmente.


terça-feira, 14 de novembro de 2017

O Mestre Não Ensina Todas As Lições

Embora não me foda todas as santas semanas mantenho um contacto mais ou menos regular com o J. Não que as nossas conversas se centrem em grandes temas da actualidade mas volta e meia lá damos duas de letra. Quando vi a minha saúde a andar para trás e foi marcada a minha colonoscopia achei por bem dizer-lhe algo. Não por que tenha um mau pressentimento mas por não saber até quando irei ficar impossibilitado de lhe dar aquilo que ele pede (não que ele peça, ele come e pronto) de cada vez que nos encontrámos. Por que, convenhamos, eu estar com ele sem lhe poder dar o que a gente já sabe, é quase como pagar às meninas andar aos abraços.

Eu não quero que o homem se preocupe comigo. Não quero que o homem me pergunte se estou melhor de cada vez que iniciamos uma conversa. Se isso faz dele uma boa pessoa aos olhos de alguém minimamente civilizado? Sim. Se eu sei que ele é minimamente (até bem mais do que isso) civilizado? Sei pois.

Mas não é para isto que pago trinta euros por duas horas. Pago para andar consolado meia dúzia de dias, não falar com ele durante uns tempos até quase me esquecer da sua existência para depois me lembrar quando a vontade voltar.

Desde cedo me disse que não procurava relacionamento, que não queria nada sério. E é isso que tem acontecido, e tem corrido às mil maravilhas.

Ele consegue separar as coisas melhor do que eu. Eu sei que se me for dado um pouco mais de corda me irei derreter pelo beiço e tentar fazer merda. E culpá-lo-ei quando ele não aceder aos meus pedidos para tentar fazê-la comigo.

"eu não estou apaixonado por ti
não te amo
não me imagino sequer a namorar-te
por isso, se é esse o problema, está sossegado
mas sou um tipo muito indecente, dentro da minha decência social
e quando quero saber se estás bem, é só por isso
cá dentro, quero é que melhores para te poder foder "

Acredito que estas palavras lidas a seco poderão dar uma ideia muito errada da pessoa que ele é. Mas para mim, que penso conhece-lo minimamente bem, foram um alívio. Mas enquanto estou aliviado a seu respeito, no que toca a mim, não posso estar tão certo. Por que eu sei que, a partir do momento em que me puser a magicar cenários idílicos dentro da minha cabeça irá tudo por água abaixo. Sou um cão de apartamento, um pinchão que precisa de muito pouca trela para ficar contente.

E não quero imaginar que seja ele que a esteja a segurar atrás de mim.

Uma Escolha Acertada

No próximo dia 22 os EPICA vêem ao Hard Club. Quando soube fiz logo saber que queria ir. Pouco depois vim a saber que a Shakira viria à que é actualment Altice Arena e fiquei triste. Eu gostava de ver a mulher ao vivo poh. Mas os gastos de deslocação para Lisboa seriam bem maiores do que os contraídos até ao Hard Club (que fica, basicamente, acima do meu trabalho) por isso acabei por me decidir pelos EPICA mesmo. Há anos que os queria ver ao vivo. Bem, parece que a Colombiana cancelou toda a tour devido a problemas de saúde. 
Senti que tomei uma das poucas decisões acertadas deste ano.


domingo, 12 de novembro de 2017

O Abordador Das Proximidades

Aquele gajo que para iniciar uma conversa me manda uma foto do "documento" e depois me diz:

" - Ai eu trabalhava à tua beira no café x..."


Live Update: Depois de me dizer que está desempregado e me propor pagar 30€ para estar com ele, acabou de se auto-convidar para vir cá a casa.

Eu sei que sou maluco, mas a ideia de ser maluco é a de não atrair malucos, é aquela teoria dos opostos. Pelos vistos só eu é que acredito nisso.