segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Quando A Diferença De Idades Cria Situações Constrangedoras

Eu sempre soube que procurar homens mais velhos do que eu iria levar a que, um dia, eu ouvisse perguntas/comentários menos simpáticos, mesmo que inocentemente feitos.

Na passada Quinta, ao subir a rua 31 de Janeiro com o J, passei por uma conhecida minha da Ribeira, e, até ia passar despercebido, mas tendo-me ela cumprimentado, cumprimentei-a também, sem pensar muito nisso.

Ontem, ao encontrar-me a trabalhar, vem ter comigo e pergunta, num misto de malícia e curiosidade:

" - Quem era aquele senhor que estava contigo?"

Não querendo responder, remeti-me a encolher os ombros e, vendo que eu continuava mudo, decidiu arriscar, e a primeira tentativa que fez, foi.

" - Era o teu pai?"

Eu não sei se aparento ter a idade que tenho, mas o J não aparenta ter quarenta anos. E, embora não tenha de dar satisfações a ninguém, acho que me magoei um bocadinho com aquela suposição. Não sei porquê. Senti-me mal.


5 comentários:

  1. I'M BACKKKKKKKKKKKKKKKK!! Estás bem querido??
    mil beijinhos

    ResponderEliminar
  2. As pessoas gostam de meter o nariz onde não são chamadas :P

    caga nisso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o que faço, mas custa sempre um bocado ouvir bocas destas.

      Eliminar
  3. Não tens de ficar magoado, tens é de estar feliz por teres alguém do teu lado que gosta de ti!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro mas pronto, é sempre aquela coisa...

      Eliminar