domingo, 16 de fevereiro de 2014

Quebrando A Barreira Entre Humor E Badalhoquice

Ontem quando vi que a SIC iria transmitir [ou voltar a transmitir, não sei se é algo novo] uma série do Camilo de Oliveira pensei " epá, até acho piada ao senhor, vou ver...". Bastaram cinco minutos para perceber que, com a idade, o conceito de "humor" para aquele senhor mudou muito. Agora é mais "badalhoquice" do que outra coisa.

No episódio em questão aparecia uma moça [que a minha mãe me disse ser a Lenka, a loira do Preço Certo] e dos dez minutos que vi, nove foram passados a ouvir o Camilo de Oliveira a babar-se para cima dela com frases como " Anda comigo para a praia do Meco...".

Acho o máximo que o senhor não se queira sentir velho e que continue a trabalhar, mas não há pessoa que aguente ver o homem com aquele aspecto babar-se para cima de uma mulher com idade para ser filha/neta dele. Um bocadinho de por favor. Isto não é comédia, é badalhoquice, e daquela que não mete piada nenhuma.

5 comentários:

  1. O humor tende muito a tocar na linha da badalhoquice, por isso é que não acho piada nenhuma aos comediantes... por acaso não vi mas eu até gostava imenso do camilo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. há uma certa insistência nos nossos comediantes em querer quebrar essa barreira, mas lá está, deixa de ser humor, torna-se desconfortável ver um programa desses.

      Eliminar
  2. Esse senhor pode ter sido um bom actor mas actualmente é ridículo estes papéis de rebarbado com mulheres mais novas...por amor de deus.

    ResponderEliminar
  3. Nem sabia que o Camilo de Oliveira ainda fazia séries... De qualquer modo, lembra-te que ele é casado com uma senhora tipo 30 anos mais nova... :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. li há uns tempos que eles se tinham divorciado...

      Eliminar