sexta-feira, 3 de julho de 2015

O Senhor Da Rua Trinta E Um De Janeiro

Como faço o mesmo trajecto para o trabalho todos os dias acabo eventualmente, por me cruzar com as mesmas pessoas, na maioria das vezes não dando conta disso. Mas há outras de quem me apercebo. Como o senhor que passa todos os dias por mim quando me vou embora.

Vou eu a subir 31 de Janeiro por ali acima (aquela rua é demoníaca, aviso já, para aqueles de vós que não conhecem, é tipo, o inferno em forma de rua) e ele passa por mim, um, dois três dias seguidos, sempre à mesma hora  a correr por ali abaixo.

À primeira diria que era um turista, tem pinta disso, mas agora que passo por ele quase todos os dias já vi que o senhor é destas bandas.  Tem um penteado um tanto ou quanto apaneleirado mas isso trata-se.

Costumo passar lá sempre à mesma hora, cinco minutos antes ou depois, e hoje estava mesmo a pensar " - será que me vou cruzar com o Senhor?" E não é que cruzei mesmo? Uma bela forma de acabar o dia...

Agora, a questão que se impõe é: como quebrar o gelo? Antes de poder quebrar outras coisas, if you know what i mena...

Gostava de poder aplicar a técnica da Carly, Já alguém usou?

10 comentários:

  1. Se estivéssemos no século XIX deixavas cair um lenço, sendo assim desmaia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só uso os de papel da Renova, também serve?

      Eliminar
  2. Dá-lhe um bilhete com o teu nr de telemóvel. E depois foge. Se ele te ligar, pronto, já sabes que houve interesse.

    ResponderEliminar
  3. AMEI essa ideia, a sério, e estou há horas a ponderar se hei-de a levar avante ou não ahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu disse que estava a pensar, mas não tenho cojones para isso...

      Eliminar
    2. Vou pedir os dele emprestados.

      Eliminar