sábado, 30 de dezembro de 2017

Um Rewind De 2017

O ano passado foi ASSIM.


" - Estou a ficar velho para estas merdas." foi provavelmente o pensamento predominante do meu ano.
Estou a ficar velho para procurar machos, eles se quiserem que me procurem. Em detrimento disso, não encontrei macho e fiquei-me pelo J. Coisa mais duradoura do que a super-cola.
Estou a ficar velho para ter uma saúde de ferro. Tantos problemas de saúde a tramar-me a vida este ano. Foram dentes, foi o rabo, foram as alergias. Foram os nervos... Raios partam.
Estou a ficar velho para aturar as merdas das pessoas. Já nem conseguia aturar as minhas e agora já nem as dos outros me são suportáveis. Aproximei-me de muitas pessoas e afastei-me com a mesma facilidade.

Este foi o ano em que soltei a franga à carteira e fiz a tão almejada tatuagem que andava para fazer havia muito tempo....

Perdi o amor a mais alguns (muitos) euros e comprei um iPhone, que por esta altura já está velho por que no entretanto foram lançados mais dois. Maleitas da tecnologia. Mas não choro um único cêntimo que gastei no pequenino.

Fui muitas vezes ao cinema, coisa que antes era um bicho estranho. Umas vezes sozinho, outras acompanhado.... Vi "Logan" e perceber que seria a última vez que iria ver o meu Hugh Jackman a interpretar Wolverine bateu-me cá dentro.... como batia na Fanny.

Fui a dois concertos, de bandas que adoro há anos. Embora não seja adepto de multidões, foram duas noites em que consegui estar perto de "ídolos" e sentir toda a "magia" da vivência "in loco" das coisas.

Em termos laborais este foi o Verão mais organizado que tive desde que comecei a trabalhar. Perdi muito dinheiro mas ganhei outro tanto. Para o ano é a minha vez de ir embora no Inverno mas até lá muita água irá correr.

Adeus 2017 :)

Balanço Cd's 2017

A Ella Henderson morreu algures dentro do estúdio e provavelmente só lançará um novo álbum numa próxima encarnação. Quem poderia ter lançado o seu álbum numa outra encarnação é a Loreen, "Ride" é uma coisa assim para o medonho. Não ouçam. A Camila Cabello decidiu adiar o seu álbum a solo o que foi uma pena por que aquilo até parece estar engraçadinho pelo pouco que já deu a ouvir.
Nightwish não lançaram nada, e a avaliar pela coisa esquisita que foi o "Endless Forms bla bla bla" isso foi bom.

Abaixo segue uma lista dos lançamentos a que achei piada este ano. Achei piada a outros tantos, mas vou salientar só estes, para economizar tempo.

Alestorm - No Grave But The Sea
Aly & AJ - Ten Years EP
Amberian Dawn - Darkness Of Eternity
Anastacia - Evolution
Angel Nation - Aeon
Aura - Can't Steal The Music
Bea Miller - Chapter 1,2,3 EP
Bebe Rexha - All Your Fault Pt.1,2 EP
Beyond The Black - Lost In Forever
Cellar Darling - This Is The Sound
Colton Dixon - Identity
Coronatus - Lux Noctis
Danielle Bradbery - I Can't Believe We've Met
The Dark Element - The Dark Element
Demi Lovato - Tell Me You Love Me
Diablo Swing Orchestra - Pacifisticuffs
Lana Del Rey - Lust For Life
Dua Lipa - Dua Lipa
EPICA - The Solace System EP
Evanescence - Synthesis
Exit Eden - Exit Eden
Fergie - Double Dutchess
Fifth Harmony - Fifth Harmony
Halsey - Hopeless Fountain Kingdom
Hurts - Desire
In This Moment - Ritual
Jackie Evancho - Two Hears
Jacquie - The Only One EP
James Blunt - The Afterlove
Jesse & Joy - Jesse & Joy
Julia Michales - Nervous System EP
Katy Perry - Witness
Kelly Clarkson - Meaning Of Life
Kelsea Bailerini - Unapologetically
Kesha - Rainbow
Lady Antebellum - Heart Break
Laura Macri - Terra
Lorde - Melodrama
Lucy Spraggan - I Hope You Don't Mind Me Writting
Major Lazer - Know No Better EP
Matt Terry - Trouble
Miley Cyrus - Younger Now
Pablo Alborán - Prometo
Ruelle - Rival EP
Samael - Hegemony
Shakira - El Dorado
Shania Twain - Now
Sinheresy - Domino
Skillet - Unleashed Beyond
Tarja - From Spirits And Ghosts
Taylor Swift - Reputation
Tove Lo - Blue Lips
Xandria - Theater Of Dimensions
Zara Larsson - So Good
Zedd - Stay +

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

De Voltas Trocadas

Comprar DVD's dos X-MEN em promoção, ficar tão excitado e comprar cópias que já tinha em casa. Prazer, eu.

Comprar dois álbuns na loja do costume e pedir envio por correio. Abrir o envelope e verificar que um dos álbuns já figura na minha colecção. Ao menos neste segundo caso a culpa não foi minha. Agora só troco no próximo ano.

Uma óptima maneira de terminar o ano não haja dúvida.


Camila Cabello - Never Be The Same [Video]


'Tadinha da miúda, a música é gira :)


"Camila" é lançado a 12 de Janeiro.


quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Pitch Perfect 3


A minha irmã queria ver. Eu não tinha nada para fazer. Se eu não fosse com ela, mais ninguém iria. Foi uma tarde bem passada. A ideia do filme esgota-se no final do primeiro. Mas a partir do momento em que se assume que um filme será "mau" qualquer coisa vale para nos fazer rir. E este filme ainda serviu para arrancar umas valentes gargalhadas da minha pessoa.

Quem eu não me teria importado nada de arrancar do filme era o maroto do Guy Burnet, num filme que apela tanto aos ouvidos, que encanto que aquilo era para os olhos....





















Paneleirices à parte, quem gostou dos dois filmes anteriores vai achar piada a este. Quem já estava enjoado, irá vomitar no baldinho.
Só para dizer que há uma versão acapella de "Toxic" da única queen B. Agora não arranjem desculpas.

A Pior Prenda De Sempre

Se há uma coisa boa em receber-se um ordenado todos os meses é a de não ter de se esperar por datas festivas para comprar porra nenhuma. Asssim sendo não havia nada que quisesse propriamente para o Natal. No entanto os meus pais já sabiam que o meu relógio já tinha dado tudo o que tinha para dar e eu deixei-me ficar sem relógio até esta data, já a saber que ia ser o que me iria aguardar debaixo do pinheirinho.

" - Olha que a tua prenda tem três dígitos." - dizia o Senhor meu pai, alimentando-me a curiosidade. Não precisava, até por que eu confiava no seu bom gosto.

Desembrulhando o dito relógio e olhando para ele, duas coisas me saltaram logo à vista:

1) O relógio era giro sim, e fazia o meu género.
2) O relógio não me iria servir no pulso.

Atentem no ponto 2) caros leitores. Quem vos escreve tem um pulso que parece roubado a um menino da Etiópia e assim sendo não é qualquer relógio que lá consegue figurar. Eu sei-o. Os meus pais sabem-no. Mas a medo que eu me tivesse esquecido dessa parte, ao olharem para a minha cara o Senhor meu pai ainda conseguiu dizer:

" - Nós já sabíamos que o relógio não te ia servir mas podemos ir à loja trocar...."


Entrei no meu modo "no chill" porque achei que uma oportunidade tão irrisória como esta não iria aparecer tão cedo.

" - Então tu foste comprar-me um relógio já a saber que não me iria servir? Isso é quase como quando te perguntei que tamanho de roupa vestias e ir comprar um número abaixo. "

Plus, compraram o dito relógio numa ourivesaria nos caralhos de Gondomar à qual não consigo ir sem perder uma manhã ou uma tarde.

" - Se fores à ourivesaria eles trocam-te a bracelete de graça mas se fores a uma no Porto também te fazem isso só que tens de pagar..."

Ou seja, pelos vistos ainda vou ter de andar a gastar dinheiro com uma prenda. Lógica mandou lembrança.

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Trabalhar Em Datas Festivas

Não sou uma pessoa viajada. Não viajo de todo. Por isso é normal que estranhe algumas atitudes de pessoas de fora. Como o choque que manifestam por não trabalharmos no dia de Natal.

" - Ai mas eu vim de férias com a minha família e vocês não estão a trabalhar?"
" - É Natal, nós também não temos direito a passa-lo com a nossa família?"

Este episódio passou-se com a E, minha colega de banca na Véspera de Natal e demonstra bem a mentalidade que reina lá fora. E por cá também.

Somos capazes de criticar ferozmente os grandes centros comerciais por permitirem que os lojistas lá passem os dias festivos enfiados. Por outro lado somos os primeiros a irem para os ditos centros quando aquele feriado religioso se aproxima. Vai entender?

A Idade É Apenas Um Número [Imagem]


sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Tatuagem #5

#4 AQUI.

Fui ao estúdio onde fiz a minha tatuagem com uma ideia para uma próxima. Sai com os planos furados, nada com que já não contasse. Tudo por que os meus braços super fininhos não ajudam à concretização ideal da mesma. Só para verem que quando se é magro nem tudo são rosas. Às vezes também aparecem umas flores daquelas que não interessam a ninguém.


O Branco Não Se Usa No Inverno?

No ano passado comprei vários pares de calças, um deles branco. Se o levo para o trabalho sujo-o logo ao encostar-me a alguma coisa. Se o uso no Inverno o Senhor meu pai dá-me uma missa daquelas com direito a bênção das pastas de todos os "doutores" deste país.
Só eu é que uso branco no Inverno?


quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Irritação Invernal

Uma das coisas que impressiona mais as pessoas que me conhecem (para além da minha fisionomia super atraente) é o facto de acordar bastante cedo para ir trabalhar. Faço o mesmo percurso desde os meus quinze anos por isso para mim é normal acordar às seis e meia da manhã. Mesmo quando estou em casa dificilmente acordo depois das dez horas. Mas mesmo acordando cedo nas minhas folgas não venho para a rua chatear as pessoas. Como uma alma que hoje estava a falar com o J queixando-se do frio.

Criatura tu não trabalhas (ou pelo menos não estavas a trabalhar) podias ter ficado no vale dos lençóis, para além de não apanhares frio não chateavas ninguém, e acordas cedo, sais de casa (quando podias ter ficado lá dentro) e vens para a rua queixar-te do frio quando todos nós já sabemos que isto é uma amostra gratuita do iglô do Pingú?

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

"Cobro Por Sexo"

Eu sempre disse na brincadeira que, se um dia me visse à rasca no que a dinheiro diz respeito, se tivesse um corpo que valesse a pena ser vendido, venderia. E não censuro quem o faça. Se o produto tem comprador, por que não? Eu só não compro certas coisas por que estou (quase) sempre nas lonas. E por que sou forreta.
Como eu não pensam centenas de "miúdos" de 18-19-20 anos cuja única coisa que dizem sobre si é "cobro por sexo".


Jovem, por que é que alguém há-de pagar por algo que pode ter de borla? Criou-se a ideia de que se é uma grande coisa quando não se é porra nenhuma. Certo de que a beleza está nos olhos de quem vê, mas lord, é cada miúdo mais escanzelado e sem graça nenhuma a achar-se o gigolo do pedaço.... Dou-te cinco euros para ires comprar um brinquedo.

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Compras De Natal

As compras de Natal já estão feitas. Yay!


Uma das coisas boas de ter um feitio intratável é o de ter de comprar prendas para pouca gente. Mas mesmo assim compro. E este ano quis ser como os crescidos e escrever num caderninho o que iria comprar e para quem. Resultou. Sempre que comprava algo riscava. E se ia comprar duas prendas para a mesma pessoa tentava balançar os preços de forma a não dar dez euros a um e duzentos a outro. 
Por muito que não goste de gastar dinheiro a verdade é que gosto de escolher prendas embora saiba que o meu gosto e o gosto das pessoas para quem compro as coisas quase nunca são coniventes. 
No final do dia somei as facturas todas e consegui comprar o que queria e não gastar todo o subsídio de Natal. Por isso não liguem à GIF, é enganadora. 

Frankie Hot Dog





























A Frankie Hot Dog já tinha aberto há algum tempo no Porto (na Rua do Almada) e como passo por lá todos os dias para ir trabalhar, andava com a pulga atrás da orelha para experimentar os cachorros-quentes lá do sítio. Hoje como ia com tempo, parei por lá para almoçar. Uma equipa jovem, super simpática (pelo menos a menina que me atendeu) que explicam o conceito do espaço para quem nunca lá foi (o que era o meu caso). Ao dizer-lhe que pretendia um "almoço" e não apenas uma coisa rápida e baseando-se numa lista de "likes" e "dislikes" acabei por levar um cujo nome já não recordo, penso ter sido o Americano, com tiras de milho e molho barbecue. Para além disso pedi umas batatas com molho de salsa e uma limonada de morango.

Não sendo nenhum aficionado de cachorros quentes, não posso dizer que tenha desgostado. O cachorro não sendo propriamente grande, é bem guarnecido e não justifica um acompanhamento. As batatas vinham bem "regadas" com molho mas pecavam por serem demasiado moles (ponto a desfavor para aqueles que gostam delas crocantes). A limonada bebia-se bem.

Não achei caro.  Mas também não é coisa que me veja a comer todos os meses. Mas o espaço está engraçadinho. Visitem :)

Anne-Marie - Then [Audio]


Nem vou fazer quotes nenhumas desta música por que isto deprime-me ao nível de me relacionar com cada verso que até irrita. Escusado será dizer que a música é muito gira.

Mais Compras


Inseridas no circuito de compras de Natal, mas para mim... Também mereço poh.
EPICA - "Consign To Oblivion"; Nightwish "Wishmaster" e The Dark Element "The Dark Element".

domingo, 17 de dezembro de 2017

Parente Do Vesúvio

A lista de vulcões existentes na Terra foi actualizada. Acrescentaram uma espinha que tenho mesmo junto ao nariz.


Vida "Do Avesso"

Só para dizer que passei o dia todo com a camisola vestida ao contrário. O que vale é que não abri os casacos que usei durante o dia e provavelmente ninguém viu. Ou viu?


Está Tudo Tolo

Eu sabia que o meu dia prometia quando uma das primeiras coisas que vi de manhã foi uma mensagem de um puto qualquer no Grindr a dizer que "vende cenas" e quando lhe digo que não estou interessado nas "cenas" dele por presumirem serem drogas ele me respondeu afirmativamente.


sábado, 16 de dezembro de 2017

Um Desconhecido Conhecido #2

#1 AQUI.

Ainda não eram oito e meia da manhã e já o tinha caçado no Grindr. Ou pelo menos quem eu pensava ser. Sei que a desculpa de perguntar "não eras tu em sítio x?" é esfarrapada para puto. E logo com alguém que penso que já me tinha dado uma tampa no passado. Mas perguntei. Disse-me não ser ele. Pedi desculpa pelo incómodo.


sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Como Se Negoceia Cá Em Casa

Desde que comecei a trabalhar os meus pais nunca me quiseram um cêntimo. Assim sendo todas as transacções são feitas num espírito "toma lá dá cá" . Hoje por exemplo, a Senhora minha mãe pediu-me para lhe comprar um medicamento na farmácia. Chegando a casa com o invólucro, pergunta-me ela:

" - Quanto é que te devo?"

" - Não fazes batatas cozidas com pescada na Segunda-Feira."



Por que nem todos os grandes negócios envolvem milhões de euros.

Skillet - Breaking Free [Video]



Como Eu Declinei Um Convite De Jantar Que Nunca Me Foi Feito

Dizem as senhoras velhinhas que "tudo se sabe nesta vida" e eu acrescento "inclusive aquelas coisas que não eram suposto nós sabermos mas que alguém nos conta sem intenção e estraga tudo". Pois é gente.
Desde cedo percebi que no meu "emprego" aquelas pessoas seriam "colegas" e não "amigos" . O que fazemos depois do horário de expediente a cada um diz respeito.
Estando eu hoje a trabalhar sozinho, chega a C para me substituir de forma a eu poder almoçar. Pergunta-me ela com uma cara triste:

" - Por que é que não foste ao jantar no outro dia?"

Ao que eu, na mais pura das inocências, pergunto de que jantar se tratava....

" - Não sabias de nada?" - pergunta-me ela, tão ou mais inocente do que eu - " - é que quando eu lhes perguntei se tu ias disseram-me que já te tinham perguntado e que tu tinhas dito que não querias ir.".

Entroncamento, lamento mas este fenómeno ocorreu por terras nortenhas. Negar um convite que nunca foi feito.



Parte de mim quis perguntar quem é que lhe tinha dito tal coisa. Mas a outra parte, aquela que teima em crescer um pouco a cada dia, tentando mentalizar-se de que a aceitação de muitas pessoas em nada contribui para o meu bem estar, preferiu dar o assunto por encerrado.

A rapariga ficou a pensar. E eu também. As pessoas colocam muita coisa nas bocas umas das outras. Coloquem-me 5000€ porra.

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

A Idade Não Perdoa

Estou eu, descansadinho da minha vida a jogar Nintendo no café até que me deparo com uma sequência de cores e posições que tenho de decorar, mas que vai mudando a cada vez que erro. Farto de ficar parado no mesmo ponto, saco do telemóvel e filmo a sequência toda de forma a poder vê-la e acertar. Não se riam.


O Relógio Está Possuído

Há coisa de um/dois anos comprei um relógio da Swatch que cheguei a mostra aqui. Desde então o pequenino já levou uma pecinha nova e até andava direito. Até que o mostrador do dia e mês passou a não dar de si e tinha de ser eu a mudar aquilo manualmente todos os santos dias. Até que a dita pecinha voltou a partir e eu, que já fazia de tudo para comprar um relógio novo, deixei andar a coisa.
Continuando a utilizar o relógio para ver as horas em cima da minha banquinha, tomo conhecimento de um fenómeno do Entroncamento em plena Ribeira:

A partir do momento em que a bracelete partiu o mostrador do dia e mês passou a mudar sozinho e anda correcto até ao dia de hoje. Vai entender?

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Um Desconhecido Conhecido

Caros leitores, assim como a "tia" Margarida, vocês acreditam em coincidências? Eu bem que não quero acreditar, mas uma que ocorreu há umas semanas ainda hoje me assalta a mioleira. Estou quase certo que o mocinho engraçado que ficou à minha direita no concerto de EPICA é o mesmo que ficou à minha direita no concerto de Lacuna Coil uma semana depois. Na fila do primeiro a falar com um outro contacto via Whatsapp ele lá me dizia que aquela era uma boa oportunidade para conhecer homens ao que eu me ri e afastei o assunto. Mas o rapaz era mesmo engraçado e tenho um peeling que já o vi algures pelo Grindr e nos contactos mútuos de um amigo meu no Facebook. Quem és tu homem de Deus? Queres fazer headbanging comigo?

Major Lazer - Buscando Huellas [Video]

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

A (Sem) Piada Do Momento [Imagem]

Se há sítio onde as coisas mais aleatórias fazem furor, é na internet. Volta e meia, coisas que nunca pensámos serem possíveis invadem os nossos monitores e temos de ver e rever as ditas até enjoarmos. Há casos (como o do vestido multicolor) que até são dignos de compreensão. No entanto a mais recente epidemia (pelo menos no que toca ao meu feed do Facebook, espero que no vosso, caros leitores, tal não aconteça) é esta imagem, com uma piada que teria piada se todos nós fossemos miúdos que acabaram de ser apresentados à Internet e que se encontram desejosos de partilhar baboseiras com os coleguinhas do pré-escolar.


Gente, esta piada não tem piada. Não por que não seja engraçada mas por que já foi feita milhentas vezes. Parem de a partilhar como se fosse a última Coca-cola do deserto.

Míudo Distraído

Vir tão concentrado na camioneta a jogar Pokémon Ultra Moon, uma rapariga senta-se no banco junto a mim, não sem antes me perguntar se se podia sentar, ao que eu, muito distraído respondi afirmativamente. Volta e meia olhava para ela e depois pensei se se trataria da M, uma amiga do ciclo. Fui a cismar até à saída dela, na mesma santa Parvónia desta alma que vos escreve. Não era ela. Mas serviu de lição. Levantar os olhos das brincadeiras, volta e meia, não faz mal nenhum.


segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

"Pós-Operatório"


Correu tudo bem. Enfiaram-me o raio do tubo até ao tutano. Mas está tudo bem.
Agora já não posso dizer que nunca me enfiaram nada tão fundo.
Em minha defesa estava sedado e não posso dizer que tenha sentido alguma coisa. Mas a senhora mostrou-me as fotos intestinais e eu acredito.
Beber CleanPrep? Não desejo a ninguém. Não que o líquido seja tão mau como apregoava a Senhora minha mãe, aquilo até tinha um sabor aceitável a baunilha (nunca mais comerei waffers de baunilha com a mesma vontade). É mais o tempo que uma pessoa perde no WC depois de beber aquela porra. Eu sei, é um assunto de merda. Mas vocês, caros leitores, já sabem ao que vêem quando cá aparecem.

Tarja - Feliz Navidad [Video]

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Piadas Colonoscopicas

Como é do conhecimento geral (ou pelo menos do conhecimento de duas ou três pessoas que lêem este cantinho) vou realizar uma colonocopia. Ou, melhor dizendo, irão realizar-me. É, como lhe chamam, meter o tubo pelo cú acima.
Uma pessoa tenta levar a coisa na desportiva e já encetei diversas respostas que poderei dar, eventualmente, aquando a realização do exame, ao qual me irá levar o Senhor meu pai.

Senhor meu pai: " - Não tenhas medo filho..."
Eu (olhando para o tubo) : " - Ai pai achas? Já meti coisas maiores ....Não doeu nada..."

Senhor meu pai: " - Vês filho, não custou nada..."
Eu: " - Realmente pai, quando o J me fodeu da última vez doeu mais..."

Senhor meu pai: " - Oh filho por que é que tu começaste a gemer mesmo anestesiado quando te enfiaram o tubo?"
Eu: " - Sabes como é, força do hábito..."

A Terra Tremeu

Parece que ocorreu um mini terramoto aqui na Parvónia (o mesmo que assolou outras zonas aqui do Norte do País).
Foi o acontecimento mais marcante na localidade desde a morte da última formiga.
E foi ocorrer logo enquanto eu estava a trabalhar.


quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Emmelie de Forest - Sanctuary [Video]

O Toque Do Demónio

Cada pessoa nova que colocam nos bilhetes se mentalizou que não consegue ouvir nada no telemóvel da empresa, então toca a ligar para o meu número pessoal. Só hoje foram umas quinze chamadas da B. A meio do dia disse-lhe de fugida, enquanto ia fazer outra coisa qualquer:

" - Não me vais obrigar a mudar o meu toque por tua causa pois não?"


Despertar instintos Homicidas

Acabando de almoçar, depois de uma manhã em que os Espanhóis se tinham empenhado em levar-me à loucura, viro-me para a E enquanto tocava a rádio:

" - Se ouvires alguma notícia sobre homicídio de Espanhóis aqui na zona, desconfia de mim. Se disserem que foram mortos à tolada, então podes ter a certeza que fui eu."


quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

"Lê O Perfil"

Adoro quando vou cuscar o perfil de alguém num desses sítios pouco recomendáveis e a primeira coisa que vejo é "Lê O Perfil":


Usando o vocativo dos nossos "irmãos" do outro lado do Atlãntico, "bixo", mas tu és alguma versão larilas do José Rodrigues dos Santos?

E agora vocês, pessoas instruídas, que leram e devoraram os livros do senhor supracitado dizem:

" - Ai Logan, os livros do senhor são uma valente merda."

Ao que eu vos pergunto:

" - E o que é que vocês acham que está escrito naqueles perfis? Algum Nobel da Literatura?"

Aquela Preocupação De Mãe

Hoje a juntar à baba que me escorre da boca quando vejo alguma coisinha jeitosa, tinha um ribeiro de água (nem sequer era ranho, só para verem a desgraça da coisa) a correr-me pelo nariz abaixo. Recebendo uma chamada da Senhora minha mãe a meio do dia lá lho contei e pergunta-me ela:

" - Já viste se tens febre?"

" - É mãe, vi com o termómetro que costumo trazer na carteira para estas ocasiões..."

"  Pois, realmente..."


Tadinha, gosto muito dela.

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Aquele Momento...

... em que vou a uma caixa multibanco levantar dinheiro, coloco o cartão e me é apresentada uma mensagem de erro no ecrã. Ao retirar o cartão reparo que a banda magnética saiu completamente da parte de trás do dito. Valeu uma visita ao banco para pedir um cartão novo.
Não lhes pedi para se apressarem. Só tinha 10€ à ordem mesmo.

domingo, 3 de dezembro de 2017

Lacuna Coil @ Hard Club Porto #2

Num concerto que supostamente teria mais adesão do que EPICA foi numa sala mais pequena que teve lugar o concerto de Lacuna Coil.

Blame Zeus


Em Portugal há vida para além de Moonspeel, as pessoas é que não sabem (ou têm preguiça de procurar). Tinha ouvido algumas músicas dos Blame Zeus e confesso que é daquelas bandas que funciona melhor ao vivo do que em estúdio. Tiveram o azar de apanhar uma plateia não muito simpática (diga-se um bêbedo) mas conseguiram brincar com a situação e conquistar alguns pontos com a audiência.

Sinheresy


Conterrâneos dos cabeças de cartaz, super simpáticos mas com um som um tanto ou quanto "copy paste" destes últimos. O som não ajudava.

Cellar Darling


Confesso que pela altura do concerto estava mais curioso pela actação dos Cellar Darling do que qualquer outra coisa. Formados por três músicas vindos da banda Sueca Eluveitie que nunca me caiu no goto, ao contrário dos Cellar Darling. Com apenas um álbum de estúdio "This Is The Sound" misturam rock com influências folk, muito diferenciadas pelo uso de um Hurdy-gurdy (visível na foto acima). Fiquei deveras surpreendido pela aclamação feita a Anna Murphy, que em tudo fez jus para merecer todo o alarido.

Alarido esse que eu tentei controlar em mim ao conseguir tirar uma foto com os três elementos fixos da banda.





Aquela música em que uma pessoa não conseguiu mesmo segurar-se. Tive pena de que grande parte da audiência não a conhecesse. Por que é um hino.

Lacuna Coil


Há uma linha que separa (créditos à NOS) uma vocalista de um animal de palco. Cristina Scabbia é um misto dos dois, com uma grande abundância do segundo. Com a mulher a um palmo da minha cara, quase que corri o risco de virar hetero.

Pecaram por colocar a setlist tão à mão de semear antes do concerto, mas há sempre surpresas.

Como o facto de uma pessoa pensar que sabe as letras, vai a ver e, hum, não sabe. E enterra-se.
Enterro também, mas este da esperança da plateia, quando todas as dicas da mulher apontam para uma versão ao vivo de "Within Me", que toda a gente queria ouvir, e nos espetam com "Downfall". Graças a Deus que o material antigo foi (quase todo) omitido por que como já disse, anos antes, os primeiros álbuns da banda dão-me sono.


A setlist, para os interessados.


Dizem eles que não vinham cá há anos e que queriam voltar rapidamente. Espero bem que sim. E que seja numa sala com umas condições melhores.

PS: E como nem só de música vive o mundo, ainda consegui encontrar, após anos e anos de contacto online, a Lum e o Nightmare, cujo blogue conjunto podem seguir AQUI.

Lindsey Stirling - Carol Of The Bells [Video]

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

O Desejo De Experimentar Coisas Novas VS Arrependimento


" - Metade do tempo eu arrependo-me."
" - Então por que o fazes?"
" - Por que na outra metade não me arrependo..."


Ainda na Universidade, numa aula de História do Teatro a docente da disciplina disse algo que guardo até hoje. As suas palavras foram mais ou menos estas:

" - As pessoas passam a vida a dizer que querem experimentar as coisas. Nós não somos ratos de laboratório que são descartados após uma experiência. Nós temos apenas uma vida. As nossas experiências ficam connosco para o bem e para o mal."

Sempre fui (e sou) uma pessoa insegura. E o medo de que as coisas corra mal é um companheiro sempre presente. Principalmente no que toca às relações interpessoais (leia-se amorosas). O pêndulo de decidir confiar ou não em determinada pessoa pendeu sempre para a segunda hipótese. Nunca soube (ou vim a saber tarde demais) o que perdi. Mas com o passar dos anos fui dizendo mais vezes "sim" com resultados variáveis.

Lembro-me de ter dito "SIM" ao A. Por que ainda estaca combalido de uma relação que nunca viria a ser. Por que mexia comigo de maneiras que mais ninguém conseguia. E arrependi-me. Durante meses só vi arrependimento naqueles tempos. Depois comecei a ver o que tinha aprendido (de bom e de mau) e vi que, mais cedo ou mais tarde, teria de aprender tais lições. Só teria pedido para ter outro professor. 
Magoaram por que vieram de alguém de quem gostava. E talvez tenha sido isso que me levou, passado tanto tempo, a encontrar um canto em tudo aquilo que não me permitia mais ser a vítima. Por que sabia que o que tinha feito fora de livre vontade, em detrimento de uma pessoa de quem gostava (independentemente dos sentimentos dele perante mim).

No reverso da moeda tenho a minha experiência (não lhe chamaria relação) com o J. Algo que sabia ser uma "experiência" que poderia correr bem. Ou muito mal. E andamos nisto há mais de um ano. Por que o único arrependimento seja talvez o de não saber o que me levou a esperar tanto para experimentar certas coisas. Por que continuo a ser a mesma pessoa insegura que pensa que uns colhões vazios não justificam uma cabeça cheia. Mas que tomou a consciência daquela parte, cada vez maior, que não se arrepende de experimentar as coisas.

" - Corre bem até ao dia que correr mal..." - digo eu por vezes.

Até lá, é esperar para ver.

Demi Lovato - Tell Me You Love Me [Video]


"Oh, tell me you love me
I need someone on days like this, I do"

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Aquele Momento...

... em que, como um paciente dito normal, vou fazer análises em jejum, a enfermeira olha para o P1, começa a enumerar o que lá vem e diz:

" ... não precisa de vir em jejum..." mas, depois olha para a minha cara e lá pergunta, já como quem pede desculpa:

" - O senhor está em jejum não está?"